Skip to main content

Brinco para bebê o meu primeiro furo o que você precisa saber ?

 

 

 

 

 

 

 

 

Quando e como furar a orelha do bebê?

Embora nem todos sejam a favor, a maioria dos pais acabam furando as orelhinhas das suas menininhas !

Como algumas pessoas não abrem mão de furar a orelha dos bebês, mesmo os recém-nascidos. E, sim, eles sentem dor, mesmo que não mostram da mesma forma que os adultos. Para que o bebê sofra o menos possível, é preciso seguir alguns cuidados antes e depois de colocar o brinco.

Os brincos podem ser colocados após os primeiros quinze dias de vida se o bebê está saudável. Esse prazo é simplesmente para dar tempo de assimilar os acontecimentos do pós-parto, esperar que o bebê chegue ao seu peso ideal  de nascimento e estarmos seguros de que não precisará internação hospitalar, o que implicaria na retirada do brinquinhos e consequente fechamento do furo. Por outro lado, alguns pediatras preferem indicar o procedimento após as primeiras vacinas aos 2 meses de idade.

O furo da orelha é um procedimento rápido, seguro e pouco doloroso. O procedimento pode ser feito no próprio domicílio do bebê.

Você pode procura  um profissional especializado nesse tipo de procedimento. É importante escolher um brinco certo, pequeno, sem pingente, de haste reta e tarraxa com fundo fechado.

Como cuidar do brinco

Os brincos podem ser colocados a partir da primeira semana de vida, estando o bebê saudável. Não retire os brincos antes de completar 01 mês da data do furo, a fim de evitar que os mesmos se fechem; a partir desta data podem ser trocados os brincos, pois o furo permanecerá intacto.

1º –  Escolha um brinco próprio para bebê, de material antialérgico. Verifique se o brinco está bem fechado para evitar que a criança engula a tarraxa ou o próprio brinco. Afaste o brinco da orelha com os dedos para facilitar a limpeza.

 

 

  2º – Umedeça uma haste de algodão com álcool 70% e passe em volta do brinco. Faça o mesmo na outra orelha.

Passe em torno do lóbulo da orelha duas vezes por dia, e vire os brincos pelo menos uma vez por dia. Não pressione a orelha do seu bebê, isso pode ser doloroso.

 

 

 

3º – Passe a haste umedecida na parte de trás e repita o procedimento na outra orelha. Após cada banho, seque bem a área ao redor de cada perfuração para que não fique úmida.

 

  4º – Gire o brinco cuidadosamente para que não ocorra aderência na pele. Caso haja inchaço, secreção ou a criança esteja irritada e chorosa, consulte o pediatra. 

Leave a Reply

Fale com A dondoca
Enviar via WhatsApp